Organizar Os Negocios

Orçamento Anual da Empresa: Você sabe quando começar?

Com o início do ano bem próximo, chega o momento de organizar os negócios e alinhar as ideias para que um orçamento bem feito seja realizado, saber mais sobre o orçamento anual da empresa permite que haja um maior conhecimento das receitas e das despesas também.

Para sermos sinceros, o melhor momento para se preparar um orçamento anual da empresa é antes do ano novo começar.

O melhor período gira em torno dos meses de outubro e novembro. Quando na verdade, o empreendedor precisa ter dois focos:

  • No orçamento atual e no do ano seguinte.

Essas informações valiosas darão informações essenciais para o aumento de vendas, contratação de pessoas, rentabilidade, corte de despesas, entre outros.

Então, o que será preciso fazer para o seu orçamento anual?

Plano de negócios

Para ter um bom orçamento, é preciso ter alinhado o seu plano de negócios. Muitos empreendedores embora saibam a importância do plano, acabam por deixar passar informações importantes a respeito, ou seja, deixam de lado dados importantes para essa ferramenta de gestão, que também influencia o orçamento anual. E por isso, cada ponto deve estar interligado, além de ser bem definido.

Além disso… é importante:

Definir seu modelo e formato

E do que você vai precisar?

  • Do DRE – Demonstração do Resultado do Exercício.
  • Receitas e gastos.
  • Envolvimento de todos os setores.
  • Comprometimento.
  • Acompanhamento.
  • Aprovação.
  • Atualização.

O DRE – Demonstração do Resultado do Exercício

Comumente a adoção do orçamento anual no formato de uma DRE que é o Resultado do Exercício é muito indicada, já que dessa forma, o empresário pode ter uma estimativa não só das despesas e receitas, mas de toda a sua rentabilidade empresarial.

Receitas e gastos

Será preciso fazer uma previsão das receitas e dos gastos que sua empresa terá ao longo de 1 ano. Por isso, primeiro você precisará atuar com o que se chama de custos operacionais, nisso entra as vendas estimadas por linha de produto ou serviço.

Esses dados serão de extrema relevância porque será avaliado o crescimento das vendas, de forma bem mais específica, havendo assim, maior objetividade com os custos de produção ou com a prestação de serviços.

Outros dados importantes também terão maior direcionamento e retorno, como:

  • Matéria prima.
  • Mão de obra.
  • E demais insumos.

Outros itens devem ser associados, como:

  • Aluguel.
  • Custos de financiamento.
  • Renda de aplicações financeiras.
  • Dados contábeis.
  • E etc.

Envolvimento de todos os setores

Caso alguma outra área da empresa fique de lado, ou não seja incluída, a conclusão do orçamento anual da empresa será afetada.

Outro fator relevante a respeito, é que envolver todos os setores, permite que haja uma maior integralidade no negócio, ou seja, todas as pessoas participam e contribuem de maneira que sejam construídas bases mais sólidas. Por isso, se torna de vital importância envolver todas as áreas e assim, será possível obter maior comprometimento com o orçamento empresarial.

Comprometimento através da divulgação

Divulgar para toda a empresa sobre a necessidade de colher todos os dados, demonstra a intenção de se conquistar melhores resultados, isso aumenta o comprometimento de toda a equipe de trabalho.

Acompanhamento

O acompanhamento também se torna importante, pois permitirá com que sejam feitas ações de correção, sempre que necessário.

Por exemplo: As despesas que estão acima das estimativas ou as vendas que estão abaixo do recomendado, indicam que há necessidade de correções e quanto mais demorar para serem realizadas, pior será para a empresa.

Reuniões mensais, antes do final do mês são de suma importância para verificar o desempenho das áreas e para o retorno desejado. Através disso é possível avaliar se um produto deve ser descontinuado, se é preciso fazer melhorias internas ou com a equipe de trabalho, entre outros.

Aprovação e atualização

É preciso estar atento se algum ponto de desvio foi feito e em quaisquer demandas e circunstâncias e analisar o que precisa atualizar para que o orçamento esteja adequado. Portanto, sempre que houver mudanças macroeconômicas, novos investimentos ou outras necessidades, é preciso revisar e atualizar.

Em caso de necessidade a esse respeito, fale conosco e nós te ajudaremos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *